Parte 1 - Como se hackear e ser mais feliz no trabalho entrando no flow
Parte 1 - Como se hackear e ser mais feliz no trabalho entrando no flow
  • Vaime Junior
  • 09 Dez, 2019

Você já se sentiu no Flow? Não?! Aposto que sim e você não sabe. Todos já estiveram em um estado de flow alguma vez, mas algumas pessoas tem bastante dificuldade de encontrar esse estado no dia a dia e por isso estamos aqui para compartilhar uma forma de se hackear e atingir o flow, consequentemente se sentindo mais feliz e motivado no dia a dia.

Vou explicar nesse artigo o que é esse tal de flow, como identificar se você está nele e como eliminar barreiras para alcança-lo, bora lá!

Para começar precisamos falar sobre Abraham Maslow, um psicólogo norte-americano referência na psicologia Humanista que criou diversas teorias importantes na década de 50, dentre elas ficou muito conhecido pela Teoria da Hierarquia das Necessidades ou, para os íntimos, apenas Pirâmide de Maslow :D. 

A linha da psicologia Humanista, que o Maslow é referência, é a terceira força da psicologia (depois da psicanálise e do comportamentalismo) e ela ensina que o ser humano possui em si uma força de autorrealização, que conduz o indivíduo ao desenvolvimento de uma personalidade criativa e saudável.

Maslow foi uma personalidade muito interessante, mas para nosso artigo vamos focar na sua Teoria da Hierarquia das Necessidades. Ele em suas pesquisas com macacos e humanos identificou que o comportamento dos individuas mudava de acordo com as suas necessidades latentes naquele momento e que eles tinham necessidades diferentes a medida que uma categoria de necessidade era suprida, identificou ainda um padrão nessas necessidades.

Com isso concluiu alguns pontos interessantes:

  • - Nossas necessidades influenciam nosso comportamento.
  • - Somos motivados para atender nossas necessidades.
  • - Existe uma hierarquia nas necessidades.
  • - Só vamos conseguir suprir as necessidades mais altas da hierarquia quando a base foi satisfeita primeiro.

Essa teoria pode ser ilustrada por uma pirâmide, por isso ficou conhecida como a Pirâmide de Maslow, como pode ser vista na imagem a seguir:


Em ordem as necessidades de uma pessoa são fisiológicas, de segurança, sociais, estima e de realização pessoal, mas o que cada uma quer dizer:

  • - Fisiológica, são necessidades que quando não atendidas o indivíduo se sente com sono, fome, sede e problemas internos no organismo.
  • - Segurança, é a necessidade de sentir uma certa estabilidade na vida, poder financeiro para pagar as contas, preservar o emprego e até segurança física mesmo.
  • - Sociais, são necessidades de afeto, pertencimento ou interação em algum grupo seja ele família, amorosos, amigos ou trabalho.
  • - Estima, é a necessidade de nos sentirmos bons em alguma coisa, termos reconhecimento, prestigio, orgulho, poder e autoestima.
  • - Realização pessoal ou necessidade e crescimento, é a necessidade de realizar projetos próprios, fazer o que gosta, independência e sensação de que é capaz de conseguir.

Primeira pergunta:
Você reconhece as necessidades da pirâmide de Maslow na sua vida e será que elas estão sendo atendidas?

Primeiro ponto para começar a se hackear é entender suas necessidades, identificar e atende-las. Porque como aponta a teoria de Maslow se você não está conseguindo gerencias suas finanças, não está cuidando bem da sua alimentação, não anda dormindo direito... isso vai impactar no seu comportamento e você não vai conseguir satisfazer outras necessidades e chegar na realização pessoal, que é onde se encontra o flow.
Conhecendo a pirâmide de Maslow você poderia me perguntar:

“Ótimo agora eu sei que não consigo atingir o flow porque tenho necessidades da pirâmide que eu não atendo, mas eu não sei o que fazer, eu já me esforço ao máximo! ”

E eu diria “Boa pergunta meu caro amigo!” hehehe

A pirâmide de Maslow é uma boa ferramenta para gestão de pessoas nas empresas e para reflexão sobre nós, mas ela não dá muitas respostas do porque tenho dificuldade em determinada área ou o que preciso fazer.

Diz pra gente aqui nos comentários, como você se vê na pirâmide e no seu trabalho hoje?

Na próxima parte desse artigo vamos dar os próximos passos para você se hackear ;)

Até a próxima!