Saiba como lidar com feedback negativo pós-entrevista de emprego

Mercado de trabalho
Saiba como lidar com feedback negativo pós-entrevista de emprego

Saiba como lidar com feedback negativo pós-entrevista de emprego


Todos estamos acostumados a ouvir a opinião de familiares, cônjuges, amigos e colegas sobre atitudes e escolhas. Na maioria das vezes acabamos sofrendo na hora de ouvir uma crítica e nem sempre reagimos da maneira adequada. E isso se deve ao fato de que, mesmo querendo aprender e evoluir, também desejamos ser aceitos pelos demais da maneira que somos, não é verdade?

No ambiente profissional não é diferente. Quando estamos em busca de um emprego, tudo o que desejamos ouvir é: “Parabéns, você foi contratado!”. Contudo, é preciso saber lidar também com feedbacks negativos. Ainda mais num momento de crise econômica, onde há mais procura que oferta de emprego.

Um dos segredos para contornar a frustação e não deixar se abalar pelos feedbacks negativos, é tirar proveito da situação. A CHAWork explica como lidar com feedback negativo pós-entrevista de emprego:

1 - Preste atenção no seu currículo

Muitos candidatos acabam sendo eliminados pelas empresas ainda na fase da triagem. Isso porque o perfil do profissional não se adequou à vaga ou aos valores e cultura da organização. Por isso é tão importante se preocupar com a primeira impressão que os recrutadores terão de você. Lembre-se: o seu currículo é a sua vitrine. Monte ela da melhor forma, mas não divulgue o que você não pode oferecer. Seja honesto em suas competências apresentadas no currículo.

Vale lembrar também que é sempre bom ajustar o seu currículo de acordo com a oportunidade, ressaltando suas qualidades naquilo que é valorizado pela empresa na qual deseja trabalhar.

2 - Não leve para o pessoal

Não é nada pessoal, acredite. Não ser aprovado em um processo seletivo não significa que você não estava tecnicamente preparado para assumir o cargo. Um candidato é selecionado para uma vaga por uma série de fatores. Muitas vezes habilidades específicas e residência próxima ao local de trabalho, por exemplo, podem fazer a diferença. No entanto, é preciso que a empresa deixe isso claro ao candidato no momento do feedback.

3 - Considere a experiência como um aprendizado

O feedback, mesmo que negativo, não deve ser visto como algo desfavorável. É preciso encará-lo como uma oportunidade de desenvolvimento pessoal. Receber um “não” pode ser só uma preparação para um “sim” no futuro. Respire fundo e escute com atenção os motivos pelo qual você não foi contratado naquele momento.

4 - Aproveite o feedback negativo para mudar a sua postura

Nem sempre os recrutadores explicam os motivos de você não ter sido aprovado, mas se isso ocorrer, aproveite! Se a opção da empresa foi por alguém com residência próxima ao local de trabalho, tudo bem. Não tem porque mudar de endereço antes de ser contratado, não é mesmo? Mas se o feedback negativo foi referente à algum comportamento apontado como prejudicial durante o processo seletivo, o caminho é escutar atentamente os comentários, identificar onde errou, corrigir e mudar a postura para as próximas oportunidades. Especialistas apontam que chegar atrasado para a entrevista, falar mal do emprego anterior, não demonstrar interesse pelo possível novo trabalho, são exemplos de possíveis atitudes desclassificatórias. Fique atento!



Equipe CHAWork

Colunista: Equipe CHAWork


Buscar
Tags



Últimos posts

Contrate com a ajuda da tecnologia

Cadastre-se!

Faça o teste e encontre vagas de uma forma diferente.

Fazer o teste

Ganhe tempo, economize e seja mais assertiva no seu processo seletivo.

Cadastrar vagas

Curta no Facebook





Não há nada mais trágico neste mundo do que saber o que é certo e não fazê-lo.
Que tal mudarmos o mundo começando por nós mesmos ?

MARTIN LUTHER KING

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.