05 dicas para fazer gestão por competências

Ambiente de trabalho
05 dicas para fazer gestão por competências

05 dicas para fazer gestão por competências


Em um mundo cada vez mais competitivo, unir forças é indispensável para funcionários e empresas se manterem com objetivos comuns. A discussão da otimização de produtividade está em pauta, e com ela surge o conceito de “Gestão por Competências”, um sistema criado para identificar e gerenciar profissionais que proporcionem maior retorno ao negócio.

Quando bem implementada, a gestão por competências acelera consideravelmente o desenvolvimento dos profissionais, reduz o tempo estimado para a aquisição de uma habilidade e ainda otimiza os recursos investidos na capacitação da equipe. 

As vantagens da adoção desse modelo de gestão são inúmeras, mas antes vamos entender melhor o que significa uma competência.

O que é competência?

O conceito de competência está baseado em três dimensões, definidas como CHA, uma sigla para Conhecimentos, Habilidades e Atitudes. Vamos explicar melhor cada um desses fatores: 

  • C – Conhecimentos (saber): informação, saber o quê, saber o porquê;
  • H – Habilidades (saber fazer): técnica, capacidade;
  • A – Atitudes (querer fazer): identidade, determinação.

No contexto de competência, o conhecimento representa a formação e qualificação técnica exigida para desempenhar determinada função. A habilidade é definida através da experiência necessária para desempenhar determinada função, ou seja, a capacidade de botar em prática. Já a atitude, por sua vez, é representada não apenas na capacidade de obter resultados, mas também nas características comportamentais desejadas para que uma pessoa exerça determinada função.

Entendido o conceito de competência, vamos ao próximo passo: como fazer gestão por competência?

A gestão por competências consiste na capacidade da empresa identificar as competências técnicas e comportamentais necessárias para o sucesso nos seus processos. Uma empresa que tem as competências bem definidas sabe exatamente o que esperar de um funcionário. 

Para simplificar e ajudar no processo, a CHAWork elaborou 05 dicas para você fazer gestão por competências na sua empresa:


1 – Identifique as competências que a sua empresa precisa

Antes de mais nada, você precisa saber quais são as competências que a sua empresa necessita para garantir a competitividade e o diferencial no mercado. Realize reuniões e brainstorms, seguindo uma metodologia definida – pode ser a matriz SWOT, para ajudar na identificação dessas competências. 

2 – Identifique as competências necessárias para a execução de uma tarefa específica 

Após ter as competências que a sua empresa precisa definidas, analise quais os níveis ou indicadores em que elas poderão ser subdivididas. Ou seja, quais são as competências que os cargos e funções exigem. Ao identificar essas competências, deverão ser utilizados testes e entrevistas para avaliar essas habilidades nos candidatos que almejam o cargo. 

3 – Identifique as competências dos colaboradores

É importante realizar avaliações periódicas para medir as competências que os seus colaboradores possuem, acompanhando o desenvolvimento dos mesmos. Dessa forma também será possível realocar um colaborador cuja competência seja mais adequada à outra função. 

4 – Desenvolva as competências dos colaboradores

Após identificar as competências dos colaboradores, é hora de desenvolvê-las e aperfeiçoá-las. A empresa deve procurar programas, incentivos de aprendizado, treinamentos ou palestras para potencializar as habilidades de novos e antigos colaboradores.

5 – Monitore o processo

Todo processo de gerenciamento deve ser monitorado. Dessa forma é possível acompanhar a evolução de toda a equipe e visualizar quais dificuldades ainda persistem no processo de trabalho, que necessitam de maior atenção. Vale ainda ressaltar que, todo processo de gestão por competência deve ser pautado em conformidade com o posicionamento estratégico da corporação (missão, visão e valores). Caso ocorram mudanças significativas nesse processo, o ciclo deve ser revisto. 

O ideal é que essas práticas sejam incorporadas em todas as áreas de trabalho que envolvam gestão de pessoas em uma empresa. Recrutamento e seleção, treinamento e desenvolvimento, avaliação de desempenho, remuneração, entre outras. Através desse sistema, gestão por competências, é possível mensurar os diferentes tipos de competências que compõem uma organização e, também, alinhar os objetivos estratégicos da empresa ao desenvolvimento dos seus colaboradores. Alcançar metas pessoais estabelecidas, significa alcançar bons resultados. Todos saem ganhando.




Equipe CHAWork

Colunista: Equipe CHAWork


Buscar
Tags



Últimos posts

Contrate com a ajuda da tecnologia

Cadastre-se!

Faça o teste e encontre vagas de uma forma diferente.

Fazer o teste

Ganhe tempo, economize e seja mais assertiva no seu processo seletivo.

Cadastrar vagas

Curta no Facebook





Não há nada mais trágico neste mundo do que saber o que é certo e não fazê-lo.
Que tal mudarmos o mundo começando por nós mesmos ?

MARTIN LUTHER KING

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.