Saiba como dar feedback para sua equipe

Liderança
Saiba como dar feedback para sua equipe

Saiba como dar feedback para sua equipe


Uma das responsabilidades de líder ou gestor é apresentar feedbacks aos membros da sua equipe. Esse retorno é fundamental para que o time mantenha um bom desempenho dentro da empresa e melhore o aprendizado. 

Os feedbacks podem ser tanto positivos, como negativos. Certamente, o primeiro é mais fácil de dar – e também de receber. Mas como dar um feedback negativo sem prejudicar ou desmotivar um funcionário? É importante ter uma abordagem sensível e tomar alguns cuidados da hora de dar esse retorno. Confira: 

Prepare-se e elabore um roteiro

Um feedback exige cérebro e planejamento de quem vai fazê-lo. O líder ou gestor deve estar preparado para a conversa, afinal vai precisar apresentar fatos e argumentos que justifiquem o retorno negativo ao colaborador. Isso tudo de maneira clara e respeitosa. O ideal é que antes da conversa o gestor elenque os pontes fortes e aqueles a serem melhorados. 

Reserve um local adequado

O feedback sempre deve ser dado pessoalmente e respeitando a privacidade do colaborador. Evite qualquer tipo de constrangimento abordando o profissional de surpresa em áreas comuns, como salas e corredores. Ninguém gosta de receber uma crítica diante dos colegas. O ideal é marcar, com antecedência, uma conversa já deixando claro o objetivo. 

Comece destacando os pontos positivos 

O líder ou gestor deve sempre iniciar a conversa com elogios. Muito se fala no método sanduíche que, em resumo, nada mais é do que iniciar e finalizar a conversa com pontos positivos e, no meio, inserir as críticas e o que precisa ser melhorado.

Comece a conversa com uma avaliação geral e positiva do funcionário, como ele está indo bem em determinadas funções e na sequência apresente o que ele pode melhorar e quais habilidades precisam ser aprimoradas. Dessa forma, o funcionário não se colocará na defensiva e aceitará as críticas com mais facilidade. 

Por último, conclua o feedback retomando os comentários positivos apresentados no início da conversa. Destaque também os resultados positivos que podem ocorrer caso os pontos apontados como negativos sejam melhorados e resolvidos. Esse método é excelente para os líderes que desejam oferecer críticas construtivas aos seus colaboradores. 

Deixe claro o que poderia ter feito de forma diferente 

Não adianta dar um feedback negativo, se você não mostrar um caminho prático para reverter a situação. Em geral é mais fácil enxergar os defeitos do outro do que explicar objetivamente como ele pode fazer para corrigir o aspecto em questão. No entanto, o feedback precisa ser objetivo, sem deixar dúvidas no funcionário. Por isso, o líder ou gestor deve mostrar, sem julgamentos e sem culpar o profissional, o que ele fez de errado. Dados sobre demandas e entregas também podem ser utilizados. 

Dê espaço para uma justificativa do colaborador 

É importante lembrar que todas as questões têm sempre mais de um ponto de vista e você, como líder, também deve saber ouvir. O funcionário tem direito de se posicionar e se justificar quanto ao feedback recebido. Não interfira enquanto ele estiver fazendo suas considerações. Ouça, anote e espere a abertura da conversa para falar. Ao entender os motivos do erro, será mais fácil direcionar o colaborador para um rumo certo.  

Estabeleça metas 

A finalidade do feedback é tentar resolver um problema e melhorar o desempenho de um funcionário ou de uma equipe. Mas apenas apresentar um feedback não é suficiente para mudar o comportamento de um colaborador, por isso é necessário também estabelecer metas e demonstrar a importância da mudança. Deixe claro o que espera do profissional para o futuro. 



Equipe CHAWork

Colunista: Equipe CHAWork


Buscar
Tags



Últimos posts

Contrate com a ajuda da tecnologia

Cadastre-se!

Faça o teste e encontre vagas de uma forma diferente.

Fazer o teste

Ganhe tempo, economize e seja mais assertiva no seu processo seletivo.

Cadastrar vagas

Curta no Facebook





Não há nada mais trágico neste mundo do que saber o que é certo e não fazê-lo.
Que tal mudarmos o mundo começando por nós mesmos ?

MARTIN LUTHER KING

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.